Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários por Administradores, Empregados, Colaboradores e pela própria Empresa

 

Objetivo de nossa política sobre investimentos pessoais dos administradores, funcionários e da própria empresa tem por finalidade estabelecer as regras e procedimentos para evitar que conflitos de interesse possam vir a ocorrer.

É vedado aos administradores , funcionários e pela própria empresa realizar operações de compra ou venda de ações  ou outros valores mobiliários de empresas que estão em processo de seleção ou de desinvestimento no comitê de investimento.

Os administradores e funcionários devem relacionar as empresas de corretagens com as quais operam e caso seja pedido pelo gestor devem apresentar os extratos das operações realizadas nos últimos 30(trinta) dias.

Os administradores e funcionários devem consultar o diretor da área de gestão a cada dia em que pretenderem realizar operações no mercado sobre a permissão para efetuarem as mesmas no mercado de títulos e valores mobiliários a fim de certificarem que não haverá a possibilidade de conflitos de interesses nas operações em confronto com as operações dos clientes da gestora.

É nosso dever fiduciário de priorizar as boas praticas na gestão de recursos dos clientes, portanto será considerada falta grave a não observância das regras estabelecidas.

Os comentários estão desativados.