Politica de Voto

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLÉIAS GERAIS ADOTADA PELA PAVARINI E OPICE GESTÃO DE ATIVOS LTDA. NA QUALIDADE DE GESTOR DE FUNDOS DE INVESTIMENTO

1. OBJETO:

O presente instrumento tem por objeto estabelecer os requisitos e princípios que nortearão a Pavarini e Opice Gestão de Ativos Ltda. (Gestora) no exercício do direito de voto em assembléia gerais, na qualidade de gestor da carteira de fundos de investimento.

2. PRINCÍPIOS GERAIS:

O direito de voto é parte integrante do mandato de gestão e, como tal, deve ser sempre exercido pela Gestora em benefício dos interesses dos cotistas dos fundos de investimento sob sua gestão, empregando, na defesa dos direitos dos cotistas, o devido cuidado e diligência exigidos.

Com esse objetivo, ao votar em assembléias representando os fundos de investimento sob sua gestão, a Gestora buscará votar favoravelmente às deliberações que, a seu ver, propiciem a valorização dos ativos que integrem as carteiras dos fundos de investimento.

3. PROCEDIMENTOS ADOTADOS QUANTO A CONFLITO DE INTERESSES:

A Gestora deve exercer o direito ao voto observando os princípios gerais previsto no item 2 acima, que regulamenta suas atividades, de forma a avaliar situações que a coloque, potencial ou efetivamente, em situação de conflito de interesses entre suas atividades próprias com as dos fundos de investimento, cumprindo-lhe, nestes casos, abster-se de tomar parte e votar as deliberações constantes da ordem do dia da assembléia geral.

Nesses casos, a Gestora não exercerá o direito de voto, mesmo que se trate de matéria relevante, se verificar potencial conflito de interesses ou, ainda, se as informações disponibilizadas para a tomada de decisão não forem suficientes, mesmo após solicitação de informações adicionais e esclarecimentos a respeito da matéria ser votada.

4. PROCESSO DECISÓRIO DE VOTO:

O Diretor responsável pela atividade de gestão de recursos da Gestora será o responsável pelo controle e execução da política do exercício de voto, a tomada de decisão quanto ao voto a ser proferido, o seu exercício e o registro e formalização em nome dos fundos de investimento sob sua administração e/ou gestão.

5. MATÉRIAS OBRIGATÓRIAS:

As seguintes matérias são relevantes e requerem o voto obrigatório da Gestora em nome dos fundos de investimento sob sua gestão:

I. Em relação a ações, seus direitos e desdobramentos:

a) eleição de representantes de sócios minoritários nos Conselhos de Administração, se aplicável;

b) aprovação de planos de opções para remuneração de administradores da companhia, se incluir opções de compra “dentro do preço” (o preço de exercício da opção é inferior ao da ação subjacente, considerando a data de convocação da assembléia);

c) aquisição, fusão, incorporação, cisão, alterações de controle, reorganizações societárias, alterações ou conversões de ações e demais mudanças de estatuto social, que possam, no entendimento da Gestora, gerar impacto relevante no valor do ativo detido pelo fundo de investimento;

d) demais matérias que impliquem tratamento diferenciado.

II. Em relação a ativos de renda fixa ou mista:

Alterações de prazo ou condições de prazo de pagamento, garantias, vencimento antecipado, resgate antecipado, recompra e/ou remuneração.

III. Em relação a cotas de fundos de investimento:

a) alteração na política de investimento que modifique a classificação dos fundos de investimento nos termos das normas da CVM e da ANBID;

b) substituição do administrador ou gestor, desde que não entre integrantes do seu conglomerado ou grupo financeiro;

c) aumento de taxa de administração ou criação de taxas de entrada e/ou saída;

d) alterações nas condições de resgate que resultem em aumento do prazo de saída;

e) fusão, incorporação ou cisão, que propicie alteração das condições descritas acima;

f) liquidação do fundo de investimento;

g) assembléia geral motivada pelo fechamento do fundo em decorrência de iliquidez dos ativos que compõem a carteira do fundo nos termos previstos no art. 16 da Instrução CVM nº 409/04.

6. NÃO APLICABILIDADE DA POLÍTICA DE VOTO:

A política de exercício do direito de voto não se aplica aos fundos de investimento que:

a) tenham público alvo exclusivo, desde que tal deliberação seja aprovada em assembléia de cotistas e esteja prevista no regulamento do fundo de investimento;

b) apliquem em ativos financeiros cujos emissores estejam sediados fora do Brasil;

c) apliquem em certificados de depósito financeiro de valores mobiliários – “Brazilian Depositary Receipts” (BDR).

7. EXCEÇÃO AO EXERCÍCIO DO DIREITO DE VOTO:

O voto poderá não ser exercido nas seguintes hipóteses:

a) a assembléia geral ocorrer em qualquer cidade que não seja capital de Estado e não seja possível voto à distância;

b) o custo relacionado com o exercício do voto não for compatível com a participação do ativo financeiro no fundo de investimento;

c) a participação total dos fundos de investimento sob gestão, sujeitos à Política de Voto, na fração votante na matéria, for inferior a 5% (cinco por cento) e nenhum fundo de investimento possuir mais do que 10% (dez por cento) de seu patrimônio no ativo financeiro em questão;

d) existir situação de potencial conflito de interesse entre as partes, hipótese na qual o Diretor responsável pela área de gestão analisará e decidirá o procedimento a ser adotado;

e) as informações disponibilizadas pela empresa não forem suficientes, mesmo após solicitação pelo administrador ou gestor de informações adicionais e esclarecimentos para a tomada de decisão.

8. PROCESSO DECISÓRIO DE VOTO:

Ao tomar conhecimento da convocação da assembléia geral e da ordem do dia, o Diretor responsável pela área de gestão, tendo em vista os interesses do fundo de investimento, de seus cotistas e em consonância com a Política de Voto, tomará, se aplicável, a decisão quanto ao voto a ser exercido, o seu exercício e o registro e formalização em nome do fundo de investimento.

9. COMUNICAÇÃO DO VOTO AOS COTISTAS:

A Gestora disponibilizará aos cotistas dos fundos de investimento o teor do voto proferido em assembléias gerais por meio do site http://www.pavariniopice.com.br.

10. PUBLICIDADE:

A presente Política de Voto encontra-se:

(i) registrada em sua versão integral e atualizada, estando disponível para consulta pública na ANBIMA;

(ii) disponível, em sua versão integral e atualizada no site da Gestora http://www.pavariniopice.com.br.

Renato Opice Sobrinho

Os comentários estão desativados.